© 2014 RG PET todos os direitos reservados - MARCA E NOME REGISTRADO NO INPI N. 911419020

 CADASTRADOS

 RG´S Emitidos

  • Facebook Social Icon
NESTA PÁGINA DISPONIBILIZAMOS
EXPLICAÇÃO SOBRE:
O QUE É NFC?
O QUE É MICROCHIP?
O QUE É QR CODE?

NFC

A NFC - Near Field Communication - é uma tecnologia que permite a troca de informações entre dispositivos sem a necessidade de cabos ou fios (wireless), sendo necessária apenas uma aproximação física. A novidade teve origem no padrão RFID (Radio Frequency Identification), mas se distanciou deste ao limitar o campo de atuação de freqüências para uma distância de até 10 centímetros, objetivando tornar-se mais segura.

Um dispositivo com um chip NFC pode funcionar como um documento de identidade ou ser usado para fazer um pagamento. Aparelhos com a tecnologia podem ler tags NFC em um museu ou vitrine de loja para obter mais informações, fazer a leitura de medalhas de identificação para animais.

Existe ainda a possibilidade de equipamentos com NFC substituírem os códigos de barras e os cartões de crédito. Com isso, não será mais preciso procurar por máquinas de leitura nas lojas. Apenas com a aproximação do celular será possível conferir o preço do produto. Depois, bastará fazer o mesmo com um aparelho com NFC instalado no caixa para pagar a conta.

QR CODE

É um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica. Esse código, após a decodificação, passa a ser um trecho de texto, um link e/ou um link que irá redirecionar o acesso ao conteúdo publicado em algum site.

Esse tipo de codificação permite que possam ser armazenada uma quantidade significativa de caracteres. Para utilizar basta baixar um aplicativo de leitura disponibilizado na loja de apps do seu modelo de celuar.

MICROCHIP

O microchip é um chip onde está gravada uma sequência numérica exclusiva e inalterável, como um CPF do animal. Ele é colocado em uma cápsula cilíndrica um pouco maior que um grão de arroz, feita de vidro biocompatível (o mesmo usado em marca-passos), e implantado entre as escápulas do animal. Associado a essa numeração estão os principais dados do animal (nome e endereço dos tutores, vacinas tomadas, problemas de saúde, remédicos tomados, etc.), que são armazenados em um banco de dados que pode ser acessado pela internet.

Não existem danos à saúde do animal, o microchip é esterelizado, já que, depois de implantado, o organismo encapsula o microchip (portanto não há migração pelo corpo), e ele fica lá por toda a vida. A existência do microchip é verificada através de um leitor semelhante a esses de código de barras – a comunicação é feita através de radiofrequência e não há necessidade de qualquer tipo de manutenção ou recarga.